24° Congresso Cearense de Cardiologia

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ÓBITOS POR CARDIOMIOPATIA PERIPARTO OCORRIDOS NO MUNICÍPIO DE FORTALEZA-CE

Resumo estruturado

INTRODUÇÃO: A cardiomiopatia periparto é um tipo de insuficiência cardíaca congestiva materna com disfunção sistólica do ventrículo esquerdo que se instala entre o fim da gravidez e o período recente de pós-parto. Ocorre em mulheres previamente saudáveis e sem histórico de cardiopatia. Sua incidência varia geograficamente, possuindo uma etiopatogenia pouco elucidada, tendo como fatores de risco antecedentes de hipertensão, pré-eclâmpsia e eclâmpsia em gestações anteriores. A pesquisa em questão objetiva apresentar o perfil epidemiológico dos casos de óbito por cardiomiopatia periparto no município de Fortaleza – CE. RESULTADOS/DISCUSSÃO: Foram identificados no Sistema de Informação Sobre Mortalidade (SIM) o total de 17 óbitos de mulheres por cardiomiopatia periparto no município de Fortaleza – CE, considerando o período de 2006 a 2016. Grande parte dos casos eram de mulheres residentes em municípios do interior do estado, totalizando 10 ocorrências (59%). No que diz respeito ao perfil sociodemográfico, foi observado maior ocorrência em mulheres com faixa etária entre 20 a 29 anos, 10 (59%), de cor parda, 12 (70%), entre 8 e 11 anos de escolaridade, 8 (47%), solteiras, 11 (65%). Cabe salientar que em 6 situações (35%), mulheres vieram a óbito até o 42º dia de pós parto, sendo que em outros 6 casos (35%), o óbito ocorreu no período que corresponde o 43º dia até 1 ano de pós parto. Em 4 ocasiões (23%), o documento de Declaração de Óbito (DO) continha o campo discutido em branco. CONCLUSÃO: O perfil apresentado é semelhante ao descrito na literatura, atingindo principalmente mulheres jovens com vulnerabilidade social. Ressaltamos ainda que o sub-registro dessas mortes em documentos de importância epidemiológica como a Declaração de Óbito pode mascarar a real gravidade do quadro atual sobre o problema discutido, levando em consideração a dificuldade muitas vezes atrelada ao diagnóstico e consequente manejo efetivo desta doença.

Palavras-chave (de 3 a 5)

CARDIOMIOPATIA, GESTANTE, INSUFICIÊNCIA CARDÍACA

Área

Clínico

Autores

REGINA COELI MARQUES DE CARVALHO, MAYARA ARAÚJO BRILHANTE, FRANSCISCO SILVANEI DOS SANTOS GONÇALVES, KAMILLA CARNEIRO ALVES MARQUES