IX Congresso Brasileiro e VII Congresso Internacional da Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva e da Atividade Física

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Alterações eletrolíticas estão relacionadas à dor muscular de início tardio após exercícios resistidos

Resumo (máximo 3000 caracteres com espaço)

Introdução: Os exercícios resistidos (ER) realizados em alta intensidade provocam uma resposta inflamatória que clinicamente se caracteriza pela dor muscular de início tardio (DMIT). Essas alterações são acompanhadas de modificações nos níveis eletrólitos no plasma sanguíneo. Objetivo: Estudar as alterações eletrolíticas plasmáticas resultantes de uma sessão de exercícios resistidos de alta intensidade em voluntários destreinados e correlacionar com a dor muscular de início tardio. Métodos: Vinte voluntários com 26,9 (±4,4) anos de idade, foram submetidos à sessão de exercícios resistidos. A sessão de exercícios (cadeira extensora, agachamento e leg press) consistiu em quatro séries de 10 repetições máximas. Os eletrólitos (Na+, K+, Ca2+ e Mg2+) foram avaliados previamente (basal), imediatamente e 30 minutos após os exercícios resistidos. A dor muscular de início tardio foi avaliada 24 horas após as sessões. Resultados: O Na+ aumentou imediatamente após os exercícios resistidos e retornou ao normal após 30min (p<0,001). Em 30min o K+ aumentou em relação aos valores basais e imediatamente após os exercícios resistidos (p<0,001). O Ca2+ e o Mg2+ não se modificaram ao longo do estudo. As alterações do Na+ e do K+ se correlacionaram imediatamente (r=-0,511; p=0,021) e 30min (r=-0,455; p=0,049) após os exercícios resistidos. As concentrações plasmáticas do Na+ 0min se correlacionam (r=-0,520; p=0,018) com a dor muscular de início tardio. Conclusão: Os exercícios resistidos de alta intensidade em voluntários destreinados alteram as concentrações plasmáticas do Na+ e do K+. As concentrações do Na+ imediatamente após os exercícios resistidos se correlacionaram com a dor muscular de início tardio, onde os indivíduos que apresentam menores alterações deste eletrólito referem mais dor muscular.

Palavras-chave (máximo 3)

Exercício; inflamação; eletrólitos

Área

Prevenção

Autores

Giuliano Iop Laporta, Kety Suelyn Ferreira, Bruno Cesar Correa Arbize, Anelise Lunardi Delevati, Antônio Marcos Vargas Da Silva, Luis Ulisses Signori