V Congresso Cearense de Infectologia

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

INICIATIVA DE PROGRAMA STEWARDSHIP PARA DIMINUIR DURAÇAO DA ANTIBIOTICOTERAPIA PARA O TRATAMENTO DA PNEUMONIA ADQUIRIDA NAS COMUNIDADES EM HOSPITAIS PRIVADOS DE FORTALEZA - CE.

Resumo estruturado

INTRODUÇÃO: Os antimicrobianos são a segunda classe de medicamentos mais utilizada em hospitais e responsáveis por 20 a 50% das despesas hospitalares com medicamentos, além de serem também prescritos em larga escala em nível ambulatorial. Para garantir bons resultados clínicos do uso de antibióticos, minimizando suas consequências não intencionais, tais como efeitos adversos e a resistência microbiana, reduzir custos e aumentar a segurança do paciente, é imprescindível o desenvolvimento de programas de controle do uso de antimicrobianos nos serviços de saúde envolvendo desde o diagnóstico, seleção, prescrição e dispensação adequados, até auditoria e monitoramento das prescrições. Diante disso, criou-se o programa de gestão clínica de antimicrobianos, mais conhecida como Stewardship, que é formada por uma equipe multidisciplinar com objetivos de minimizar as consequências não intencionais e otimizar os resultados clínicos e dentre as estratégias desenvolvidas está a redução de tempo de tratamento. OBJETIVO: Avaliar o tempo de antibioticoterapia dos beta lactâmicos associados a betalactamases que foram utilizados para o tratamento da Pneumonia adquirida na comunidade. METODOLOGIA: Trata-se de um estudo descritivo, retrospectivo e quantitativo. Os dados foram coletados a partir de uma base de dados, filtrados e catalogados no Microsoft® Excel® 2010. Foram adotados como critérios de inclusão: Pacientes maiores de 18 anos que estiveram internados em enfermarias de hospitais privados com cobertura da Operadora de Plano de Saúde; indicação do antimicrobiano para pneumonia adquirida na comunidade (PAC); uso de antimicrobiano da classe de beta lactâmicos associado a inibidores de betalactamase. E como critérios de exclusão a indicação do antimicrobiano para pneumonia adquirida na comunidade associada a outra indicação que necessita de tempo de tratamento prolongado. RESULTADOS/DISCUSSÃO: No presente estudo 315 pacientes atenderam aos critérios de inclusão. Posteriormente foram relacionados os tempos de tratamento com os desfechos clínicos. Destes 157 pacientes (49,8%) realizaram o tratamento de 7 a 10 dias, 139 (88,54%) obtiveram alta; 92 (29,2%) realizaram o tratamento em mais de 10 dias, dos quais 80 (86,96%) foi prescrito alta e 66 (21%) realizaram o tratamento menor que 7 dias, destes apresentaram-se 52 (78,79%) de alta. CONCLUSÃO: Com base nos dados obtidos, pôde-se verificar que em pacientes com tratamento de 7 a 10 dias obteve-se altos índices de alta por melhora assim como o grupo com mais de 10 dias, ocorrendo uma desospitalização precoce, otimizando os resultados clínicos e sem prejuízo da qualidade de vida do paciente, o que demonstra a significância do programa Stewardship na diminuição do tempo de tratamento.

Palavras-chave (máximo 3)

Programa Stewardship; antibioticoterapia para pneumonia adquirida na comunidade; tempo de tratamento;

Área

Infecções relacionadas à assistência da saúde / Resistência microbiana

Autores

Bianca Rodrigues Farias Vasconcelos, André Jesus Roldan Viana, Joel Bezerra Vieira, Igor Monteiro Albuquerque, Jéssica Ferreira Romero, Thais Costa Mattos, Vicente Souza Lima Neto, Clara Conrado Moura